Lumens de sabedoria e fé na tela de seu computador! A salvação.
  • Graças a Deus a gente está aqui!.

    Postado por Edu Dantas

    "Onde estamos? O que estamos fazendo com as capacidades e potenciais que Deus nos tem dado? Será que estamos onde podemos dizer com propriedade, mesmo que em meio ao caos, Graças a Deus por estarmos aqui?

    salvação
  • UMA VERDADE E A BOA NOTÍCIA!

    Postado por Edu Dantas

    Um Pai de verdade nunca abandona seus filhos, o grande fato nessa história é que o Bruno não era filho de Deus! Mas ele não fez uma oração aceitando Jesus? Fez! Mas não decidiu por Jesus, não decidiu andar com Ele, por não acreditar que Jesus poderia fazer alguma coisa por ele...

    salvação
  • Sinalizando a Eternidade

    Postado por Edu Dantas

    Todos nós temos grande curiosidade sobre o que virá depois da morte, como será a eternidade, e quando Jesus voltar para restaurar todas as coisas, o que será? Como será esse tempo? Que dicas temos sobre tudo isso?...

    salvação
  • CONHECER AS COISAS COMO SÃO, É MELHOR DO QUE VÊ-LAS COMO PARECEM

    Postado por Carlinhos de Jesus

    Em grandes clubes, empresas, e sobretudo em nossas igrejas, não valorizamos os de casa. Nos falta sensibilidade de olhar como Deus olha. Não investimos com eficácia nas pessoas que caminham conosco há tempo, os denominados "prata da casa". Andrade também já tem uma historia no clube . Chegou ao Flamengo em 1974 e ganhou vários títulos como jogador pelo clube...

    salvação
TwitThis

O remédio para os “Maria-vai-com-as-outras”. Salvação!

Postado por Edu Dantas On terça-feira, setembro 29, 2009 3 comentários

Uma vez eu ouvi uma definição para a palavra ‘crise’ que eu achei muito interesante. Ela definia crise como sendo o desencontro do conhecimento (informação) com a prática exigida pelo tal, ou seja, você sabe o que tem que fazer e, por algum motivo, não o faz.

Com a overdose de informações que temos todos os dias, somos obrigados a tomar muitas decisões em pouquíssimo tempo. E como nós latinos não gostamos muito de pensar, nos vemos tentados a decidir pelo que já decidiram, ou seja, pegar o caminho mais fácil fazendo o mesmo que outras pessoas fizeram em situações semelhantes.

Não sei se estou me fazendo claro, o assunto é meio subjetivo mesmo, vou tentar exemplificar algumas situações.

Passamos por crise conjugal, e o que fazemos? Fazemos o que os outros fazem. Desistimos!
Começamos acreditando em um projeto, lutamos por ele, mas quando a situação aperta o que fazemos? Desistimos!
Pensamos de uma forma sobre determinados assuntos, mas como a maioria pensa diferente, o que fazemos? Não abrimos a boca!

Isso é ser Maria-vai-com-as-outras. Isso é não ter opinião própria, é contra isso que Deus adverte no Salmo 1º.

“Como é feliz aquele que não segue o conselho dos impios, não imita a conduta dos pecadores, nem se assenta na roda dos zombadores!
Ao contrário, sua satisfação está na lei do Senhor, e nessa lei medita dia e noite. É como árvora plantada à beira de águas correntes: Dá fruto no tempo certo e suas folhas não murcham. Tudo o que ele faz prospera.” Salmo 1
.

Há uma promessa para os que não optam pelo caminho mais fácil, de seguir o conselho e o exemplo dos que desistem, dos que optam pelo caminho mais fácil, ainda que este os levem a infelicidade e até a morte.
O Senhor os compara a árvores plantadas na beira de um rio, mesmo que não seja o tempo de dar frutos [Dá fruto no tempo certo], estará sempre forte [suas folhas não murcham].

Quem tem opinião própria, e sobre tudo, baseada nos ensinos do Senhor [sua satisfação está na lei do Senhor], prospera em tudo o que faz.

Se você ainda é um Maria-vai-com-as-outras, a sabedoria divina ainda deixa uma dica pra você: Comece a meditar nos textos bíblicos, no plano divino para sua vida através de Jesus Cristo, medite nos mandamentos neste livro contido, e peça sabedoria ao Senhor, que Ele te dará, e dará mesmo [(Tiago 1:5) -  E, se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente]

O segredo é [sua satisfação estar na lei do Senhor, e nessa lei meditar dia e noite]. Obs.: você consegue, são só duas vezes ao dia [dia e noite]. Risos…

Que Deus te abençoe e te dê sabedoria para tomar sua decisões

Com carinho, Edu Dantas.

TwitThis

Talvez você não seja mesmo filho(a) de Deus! Salvação!

Postado por Edu Dantas On sexta-feira, setembro 18, 2009 3 comentários

Tem uma frase que já virou jargão no Brasil: “eu também sou filho de Deus”. Estranhamente usada principalmente quando alguém está para fazer algo que desagrada a Deus. Uma pessoa vai se alcoolizar e diz: ‘Vou tomar mais uma porque eu também sou filho de Deus,” vai fornicar e diz: “Vou agarrar essa garota, afinal eu também sou filho de Deus,” vai fumar e diz: “Vou pitar agora porque eu também sou filho de Deus”. Afirmam que são filho de Deus enquanto O desonram e isso só sinaliza que realmente não são Filhos, mas apenas criaturas de dEle.


A Bíblia diz que é dado direito de ser chamado filho de Deus àqueles que crêem em Jesus e O recebem em suas vidas. Somente a estes!


Jo 1.12 – “Contudo, aos que o receberam, aos que creram em seu nome, deu-lhes o direito de se tornarem filhos de Deus”.


E Jesus quer que O recebamos olha o que diz em Ap 3.20 – “Eis que estou à porta e bato. Se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei e cearei com ele, e ele comigo”.


Quem bate na porta para entrar na casa, bate de que lado? Do lado de dentro ou do lado de fora?


É claro que do lado de fora! E este texto nos mostra de que lado Jesus está em nossas vidas. E se você quer ter o privilégio de dizer com propriedade que também é filho(a) de Deus, então abra o seu coração para recebe-lO.


Para recebe-lO é necessário arrepender-se de uma vida de pecado e distância dEle. Pois o pecado nos afasta de Deus.
1Jo 1.9-10 – “Se confessarmos nossos pecados, ele é fiel e justo para perdoar os nossos pecados e nos purificar de toda injustiça. Se afirmarmos que não temos cometido pecado, fazemos de Deus um mentiroso, e a sua palavra não está em nós.”


Rm 10.9 – “Se você confessar com a sua boca que Deus o ressuscitou dentre os mortos, será salvo”.


Jesus Cristo está vivo, Ele ressuscitou e por isso é que podemos falar com Ele com segurança, isto é orar. Confessar é declarar que você crê e O recebe.


2Co 5.17 – “Portanto, se alguém esta em Cristo, é nova criação. As coisas antigas já passaram; eis que surgiram coisas novas!”


O que é preciso?


1 – Crer em Cristo
2 – Estar em Cristo
4 – Arrepender-se das práticas que desagradam a Deus (arrependimento)
3 – Andar com Cristo. Ele é o Caminho e não o estacionamento.




Pense nisso! Que Deus te abençoe e fale com tigo.

TwitThis

A parábola de dois vôos e uma Salvação!

Postado por Edu Dantas On terça-feira, setembro 15, 2009 2 comentários

Bom, vou começar com uma parábola de dois vôos.

Em um longo e demorado vôo, desses que dá tempo de jantar e almoçar dentro do avião, aconteceu um fato no mínimo intrigante.

Uma aeromoça se aproximou de um passageiro e lhe ofereceu um para-quedas, afirmando que com aquele para-quedas sua viagem iria ser muito mais confortável, muito mais feliz, que na companhia dele nunca mais teria problemas em suas viagens, e que até seu conceito de viagens aéreas mudaria a partir daquele momento. Bom, depois de tanta insistência, o homem o aceitou, prendeu bem forte em suas costas e sentou-se, quer dizer, tentou sentar. O para-quedas ocupava quase todo o espaço da poltrona, deixando-o nada confortável. Nesse momento já é hora de começar a duvidar das palavras da aeromoça. Mas nosso personagem resolve acreditar por um pouco mais de tempo e esperar para ver se a situação mudaria. E mudou mesmo! As pessoas a sua volta começaram a rir dele, apontavam para ele e o chacoteavam por estar de para-quedas e tentando equilibrar-se na poltrona. A partir deste momento ele não agüentou mais, começou a chingar o para-quedas, chamando-o de inútil, disse que não acreditava nele, que na verdade ele nem existia, e enquanto falava mal tirou-o e colocou sob sua poltrona.

Em quanto isso em outro vôo a história se repete sob circunstâncias diferentes.

Uma aeromoça aproximou-se de um dos passageiros e lhe ofereceu um para-quedas enquanto lhe explicava o que estava para acontecer. Disse ao passageiro que haviam encontrado um grande problema no avião, e que por enquanto o vôo seguiria estável, mas que certamente em algum momento cairia. Mais do que de pressa o passageiro pegou o para-quedas de suas mãos, prendeu-o bem as suas costas e neste momento não estava muito preocupado se iria se equilibrar na poltrona ou iria sentar-se no chão mesmo.

Nesta parábola, o avião é o mundo, o vôo é a nossa vida e o para-quedas é Jesus.

Temos aqui duas formas em que o evangelho de Cristo está sendo pregado. Uma é o evangelho da facilidade, da prosperidade, onde se troca Jesus por promessas de conforto, felicidade, uma vida estável, família transformada, muito dinheiro e tudo mais. É fácil “aceitar”, ou melhor, receber Jesus como ônus por essas “bençãos”. O problema é que quando o evangelho de verdade começa a aparecer, não se torna tão fácil permanecer com esse Jesus negociante.

Quando uma pessoa aceita Jesus em troca de promessas, na adversidade O abandona. Coloca toda a culpa das desgraças da vida nEle, e o joga para debaixo da poltrona.

Receber a Jesus não é fazer uma troca com Deus. Mas sim entregar-se a Ele reconhecendo que  sua vida não é o que Deus espera que seja, na esperança que o Espírito Santo produza o verdadeiro arrependimento, há a necessidade humilhar-se a Ele (Mt 5.3-12), de escolher o que é certo em lugar do que é fácil, de dedicar a sua vida em favor dos outros mais do que de si próprio, de mudar os valores mundanos pelos valores de amor e justiça ensinados por Ele.

Jesus veio e levou sobre si todas as nossas iniqüidades, e se dispôs como para-quedas para nos salvar das desgraças que virão, isso não significa que não haverá mais sofrimento, dificuldades, doenças e morte, mas sim que Ele passará isso tudo junto de nós.

Imagina agora a aeromoça vindo oferecer café ao homem do segundo vôo, e em uma tribulação derrama todo o café quente sobre o pobre homem. Qual seria a reação dele? Colocaria toda a culpa no para-quedas? Pelo contrário, se apegaria mais ainda a ele com maior esperança de tempos melhores depois desta viagem.

O “Para-Quedas” está a disposição! Basta aceitá-lO.
Fique na bênção


Com amor,
Edu Dantas
A parábola foi adaptada do material de http://www.evangelismobiblico.com.br
TwitThis

A sabedoria de lidar com pessoas que pensam diferente

Postado por Edu Dantas On quinta-feira, setembro 03, 2009 1 comentários
II Tm 2.14-16 - “(...) não se envolvam em discussões acerca de palavras; isso não traz proveito, e serve apenas para perverter os ouvintes.(...)

Não se envolvam em discussões acerca de palavras – A beleza do ser humano é que ele pensa, pondera sobre assuntos e chega a suas conclusões. A sabedoria divina está manifestada na diversidade. A capacidade que o ser humano tem de ser tão diferente um do outro ao mesmo tempo que é tão igual é a manifestação da grande sabedoria Divina na criação de um ser tão peculiar.

O Ap. Paulo no texto acima alerta a não se envolver em discussões acerca de palavras, ou seja, de pensamentos diferentes, formas de pensar que se opõem.

Alguns crêem que podem falar em línguas, outros já não, alguns crêem que serão arrebatados depois da grande tribulação, outros antes e outros ainda preferem não falar sobre isso. Uns crêem que o leite faz bem para o desenvolvimento cognitivo e que fortalece ossos e dentes, já outros crêem que o leite é para ser tomado só no tempo da amamentação. Falar sobre o assunto é válido, contudo é preciso ter sabedoria para não cair em discussões que acabam em brigas e em desentendimentos.

Vs 23 – “Evite as controvérsias tolas e inúteis, pois você sabe que acabam em brigas. Ao servo do Senhor não convém brigar mas, sim, ser amável para com todos, apto para ensinar, paciente. Deve corrigir com mansidão os que se lhe opõem, na esperança de que Deus lhes conceda o arrependimento, levando-os ao conhecimento da verdade(...)

Neste texto encontramos como podemos sair bem dessas situações. Abaixo faço algumas considerações sobre algumas posturas citadas.

Amabilidade – Conquista a pessoa para ouvir.

Apto para ensinar – dá a pessoa segurança de que vai ouvir algo de firme fundamento. Aqui vale salientar a necessidade do servo do Senhor estar sempre se aprofundando na Palavra de Deus e vivê-la junto com os irmãos em Cristo conforme o versículos 15 e 22 – “Procure apresentar-se a Deus aprovado, como obreiro que não tem do que se envergonhar e que maneja corretamente a palavra da verdade (...)e siga a justiça, a fé, o amor e a paz, com aqueles que, de coração puro invocam o Senhor”.

Mansidão e paciência – fazem a pessoa permanecer ouvindo.

Esperança – Deve-se sempre ter em mente que não somos nós que convencemos o ouvinte e que eu sou somente uma possível ferramenta de Deus para convencê-lo da verdade. Paulo diz que é Deus quem concede o arrependimento, que é Ele ainda Quem conduz a pessoa ao conhecimento da verdade e deixem de viverem na mediocridade.

Quero encerrar com as palavras de Paulo a Timóteo no vs 14 e 15.

Continue a lembrar essas coisas a todos (...) Procure apresentar-se a Deus aprovado, como obreiro que não tem do que se envergonhar e que maneja corretamente a palavra da verdade”.

Que essas palavras ecoem em seu coração para que assim pratique!
Espero ter edificado galera. Deus abençoe vocês grandemente!
    Siga-nos no Twitter!
    (...) Amigos que resolveram por em prática um projeto. Nossa motivação é disseminar na internet conteúdo relevante, que pode de alguma forma ser usado por Deus para alcançar a sua vida motivando, confrontando e te fortalecendo.

    Aqui postamos conteúdos para leitura rápida, mas para ser digerido com bastante tempo.

    Esperamos estar alcançando nosso objetivo.

    Ah, faça um blogueiro feliz, comente os artigos, nem que seja para dar um oi, ou se tiver com muita pressa, deixe sua reação.

    Sal da Terra